1) Comece pelo básico
Muitas vezes, a dificuldade em matemática ou outras matérias de exatas está em conteúdos anteriores, necessários para a compreensão do tópico atual e para a resolução de exercícios.

Relembrar as operações básicas, em especial, multiplicação e divisão com vários algarismos, frações, etc, garante mais segurança com os detalhes e desenvoltura na hora dos cálculos. O bacana é que isso vai servir também para outras disciplinas que usem matemática, como matemática financeira e estatística.

E não se preocupe, porque o tempo investido nessa tarefa retorna quando você for estudar os pontos seguintes.

2) Faça centenas de exercícios
Inicie pelo mais simples, para fixar os conceitos e construir uma boa base. Só quando tiver muita segurança e alguma agilidade, inclua questões mais complexas e trabalhosas. Ou seja, suba degrau por degrau, para não tropeçar.

3) Memorize as fórmulas
Quando começar a resolver uma questão, reescreva as fórmulas, mesmo que no início precise consultar. Assim, você memoriza de forma natural e garante a fixação dos detalhes (prova de concurso não dá as fórmulas).

4) Esqueça a calculadora
No dia da prova, tudo será resolvido à mão. Portanto, acostume-se a isso durante a preparação. Caso contrário, você pode se atrapalhar com bobagens ou levar um tempo enorme para fazer as contas no dia mais importante.

5)  Pratique a atenção
Quando não encontrar a resposta certa, verifique as contas. Pequenas distrações podem colocar tudo a perder.

Em seguida, releia o enunciado, para checar se interpretou corretamente o que foi pedido. E se foi até o fim da resolução. Não é raro a gente fazer tantos cálculos e raciocínios que esquecemos algum comando da questão e erramos a resposta.

Com informações do G1